Japão financiará recuperação de pastagens brasileiras com juros inferiores a 5%, diz Fávaro

Japão financiará recuperação de pastagens brasileiras com juros inferiores a 5%, diz Fávaro

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Carlos Fávaro, disse neste sábado (27), durante a abertura oficial da 89ª ExpoZubu, em Uberaba, Minas Gerais, que na proxima quinta-feira (2 de abril), será assinado o convênio entre o Brasil e a Agência Internacional de Cooperação do Japão (Jica) para o Plano de Recuperação de Pastagens.

“Serão transferências de recursos com juros muito atrativos, abaixo de 5% ao ano para a conversão de pastagens, para melhorias e investimentos”.

Em seu discurso, Fávaro ressaltou que o Brasil se tornou líder na exportação de carne bovina porque, independentemente de partido e de ideologia, todos trabalharam e concordaram em trazer protagonismo à agropecuária brasileira no mundo.

“Nesses 15 meses de governo, abrimos 109 novos mercados à agropecuaria brasileira. São 50 países que não tínhamos nenhuma relação comercial e agora temos”.

Invasão de terras

O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Gabriel Garcia Cid, entidade realizadora da ExpoZebu, exaltou na abertura do evento a necessidade do Brasil se proteger dos interesses comerciais e protecionistas de outros países, principalmente os da União Europeia.

“Além disso, precisamos ter a garantia de produzir com a segurança de que nossas propriedades não serão invadidas”, exaltou.

Nesta linha, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Pedro Lupion, destacou que, até o momento, 48 propriedades foram invadidas ao longo do mês, no movimento chamado Abril Vermelho.

“Precisamos combater este problema não com violência, mas com inteligência. Atualmente existem 17 projetos de lei em tramitação que vão transformar o Abril Vermelho em Abril Verde e Amarelo”, contou.

Já o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, fez questão de reforçar que o seu estado tem tolerância zero contra qualquer iniciativa de invasão de terras produtivas.

Também presente na ocasião, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, reforçou que em seu mandato à frente da Casa ele trará à tona dois assuntos que o Brasil faz questão de não enxergar: o desmatamento ilegal e a exploração ilegal de minério.

“Sabemos que esses problemas existem, mas fechamos os olhos, e quem paga a conta lá fora [pela má fama de não preservar a natureza] é o produtor rural indevidamente”.

A ExpoZebu, considerada a maior feira de raças zebuínas do mundo, se estende até o dia 5 de maio. A expectativa é que, neste período, mais de 400 mil pessoas passem pelo local e que sejam movimentados mais de R$ 300 milhões em negócios.

O post Japão financiará recuperação de pastagens brasileiras com juros inferiores a 5%, diz Fávaro apareceu primeiro em Canal Rural.

Tags :

Share this :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *