Soja: Chicago firma perdas com força do dólar e realizando lucros

Soja: Chicago firma perdas com força do dólar e realizando lucros

Os contratos da soja em grão registram preços mais baixos nas negociações da sessão eletrônica na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT). O mercado se firma em território negativo, realizando parte dos lucros acumulados nos últimos dois pregões. A oleaginosa é pressionada pela perspectiva de uma ampla oferta global, principalmente na América do Sul, e pela força do dólar frente a outras moedas correntes. Até o momento, a posição maio/24 está praticamente estável em relação à semana anterior.

Confira na palma da mão informações quentes sobre agricultura, pecuária, economia e previsão do tempo: siga o Canal Rural no WhatsApp!

Os agentes também buscam um melhor posicionamento frente ao relatório de intenção de plantio do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que será divulgado na sexta (28).

Os contratos com entrega em maio de 2024 estão cotados a US$ 11,99 1/4 por bushel, queda de 12,75 centavos de dólar, ou 1,05%, em relação ao fechamento anterior.

Ontem (21), a soja fechou com preços mais altos. O mercado estendeu o movimento deflagrado ontem. A preocupação com o excesso de chuvas na Argentina trouxe de volta os especuladores e fundos, cobrindo posições vendidas.

Os contratos da soja em grão com entrega em maio fecharam com alta de 2,50 centavos de dólar, ou 0,20%, a US$ 12,12 por bushel. A posição julho teve cotação de US$ 12,25 3/4 por bushel, com ganho de 2,50 centavos ou 0,20%.

O post Soja: Chicago firma perdas com força do dólar e realizando lucros apareceu primeiro em Canal Rural.

Tags :

Share this :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *