Veja como os preços da soja no Brasil e em Chicago fecharam a semana

Veja como os preços da soja no Brasil e em Chicago fecharam a semana

O mercado brasileiro de soja teve lentidão nesta sexta-feira (23). Ainda assim, mesmo com preços em queda, foram registrados negócios.

Os produtores já começam a aceitar os valores ofertados e fecham maiores volumes. Boa parte dos negócios são na modalidade “a fixar”, quando acordam os volumes agora, mas acertam os valores mais à frente.

De maneira geral, as cotações da soja ficaram de estáveis a mais baixas, acompanhando o movimento de Chicago. A alta do dólar ajudou a frear a retração.

Confira os preços da soja no Brasil

Passo Fundo (RS): caiu de R$ 115 para R$ 114

Região das Missões: baixou de R$ 114,50 para R$ 113,50

Porto de Rio Grande: recuou de R$ 120 para R$ 118

Cascavel (PR): permaneceu em R$ 108

Porto de Paranaguá (PR): ficou estável em R$ 116

Rondonópolis (MT): seguiu em R$ 104

Dourados (MS): se manteve em R$ 102

Rio Verde (GO): decresceu de R$ 100 para R$ 99

Bolsa de Chicago

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a sexta-feira com preços mais baixos. A ampla oferta global da soja e as fracas vendas semanais americanas compuseram o quadro negativo para a oleaginosa.

As exportações líquidas norte-americanas de soja, referentes à temporada 2023/24, com início em 1º de setembro, ficaram em 55.900 toneladas na semana encerrada em 15 de fevereiro – menor patamar da temporada. Analistas esperavam exportações entre 300 mil e 800 mil toneladas.

Contratos futuros da soja

Foto: Pixabay

Os contratos da soja em grão com entrega em março fecharam com alta de 13,00 centavos de dólar, ou 1,11%, a US$ 11,47 3/4 por bushel. A posição maio teve cotação de US$ 11,52 1/2 por bushel, com perda de 12,50 centavos ou 1,07%.

Nos subprodutos, a posição março do farelo fechou com baixa de US$ 7,10 ou 2,07% a US$ 334,90 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em março fecharam a 44,21 centavos de dólar, com baixa de 0,62 centavo ou 1,38%.

Câmbio

O dólar comercial encerrou a sessão em alta de 0,80%, sendo negociado a R$ 4,9925 para venda e a R$ 4,9905 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,9595 e a máxima de R$ 4,9977. Na semana, a moeda teve valorização de 0,53%.

O post Veja como os preços da soja no Brasil e em Chicago fecharam a semana apareceu primeiro em Canal Rural.

Tags :

Share this :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *